Review: Castle – 5×05: Probable Cause - Líder Séries

ULTIMAS

2 de novembro de 2012

Review: Castle – 5×05: Probable Cause



Alguém me explica como que Castle consegue se superar a cada episódio?
Spoilers Abaixo:
Acredito que assim como eu, muitos de vocês já tinham visto a promo desse episódio. E se assistiram, obviamente sabiam qual seria a história: o Castle seria acusado de cometer um homicídio. Mas também é bem claro que todos nós sabemos que nunca que o escritor faria algo desse tipo. Então a grande pergunta mesmo foi quem era o verdadeiro assassino e porque ele culpou o Castle. E, definitivamente, a resposta não poderia ter sido melhor…
“Probable Cause” começou com aquela morte bizarra e umas das mais fortes, que eu me lembre, de ter visto em Castle. Se não bastasse a vítima ter sido marcada na testa, o assassino ainda a pendurou no teto, presa a um ventilador. Muito creepy!
Um ponto que eu acho legal ressaltar foi que os roteiristas não ficaram se enrolando e já no começo do episódio as evidências apontavam todas para o Rick sendo o assassino. O primeiro a bancar de desconfiado foi o Esposito, primeiro questionando sobre as digitais do Castle na cena do crime e depois com as outras evidências apontando para o colega. Eu concordo que ele não pode se cegar só porque um amigo é suspeito de um crime como esses, mas o jeito que ele ficou no pé do Castle me incomodou. Suspeitou muito rapidamente de um cara que ele conhece e é amigo há cinco anos.
Se por um lado o Esposito ficou desconfiado, a Beckett pelo outro, agiu totalmente diferente. É tão comum acontecer algo similar a isso em outras séries e o que sempre acaba sendo motivo para um dos dois desconfiar do outro e eles acabarem terminando. Mas a série fez diferente! Mesmo com provas muito concretas entregues a ela que o Castle estava a traindo, apesar de o episódio ter uma (linda) cena mostrando ela sofrendo com isso e acima de todos os apesares presentes, a Kate continuou acreditando no Castle e o apoiou em todos os momentos. Não poderia ser prova maior de que ela não só confia no parceiro, mas que os sentimentos que ela nutre por ele são maiores que muitos empecilhos.
E agora é oficial, (quase) todo mundo sabe do romance dos dois. A única que tá por fora é a Gates, mas ninguém quer que ela descubra mesmo (rs). Eu jurava que o Esposito iria ficar bravo com o Ryan por ele não ter contado sobre esse “babado”. E a Lanie também sabe… Mas esse episódio me deixou com a impressão clara que ela já sabia e apenas quis curtir com a cara dos rapazes. Ela agiu normalmente naquela cena com a Beckett e não fiquei com nenhuma impressão de que ela tinha acabado de descobrir. Mas se for parar para pensar, realmente ia ser muito estranho se ela não soubesse.
Apesar de parecer que já aconteceu tanta coisa no episódio, a história principal mesmo foi a volta do maior vilão que já passou pela história de Castle:  Jerry Tyson ou o famoso 3XK. É incrível o que a mente maligna desse homem conseguiu tramar para prejudicar o Castle e se vingar do escritor. Foi tudo tão bem armado que eu duvidei que todas as pontas soltas tinham sido explicadas. Ao reassistir o episódio, eu prestei atenção em tudo e mesmo assim não encontrei nada de duvidoso. Foi um dos melhores planos que eu já vi em diversas séries policiais! O Tyson passou meses planejando aquilo e o executou com maestria. Torturou psicologicamente o Castle e a Beckett, fez as pessoas realmente duvidarem do Rick e ainda se safou.
Aliás, um breve adendo. Como foi legal de ver os roteiristas retomando ao episódio piloto da série. O Castle se lembrou da primeira vez que a Beckett o prendeu (primeira de várias rs) e a detetive lembrou em que lugar que isso aconteceu. E não foi uma cena simplesmente para “relembrar o piloto”. Não, foi algo extremamente pensado e que foi de extrema importância para dar segmento à resolução do caso.
Na verdade, resolução entre aspas, certo?! Porque quando eu pensei que estava tudo bem e que teríamos apenas momentos fofos do casal (eu não ia reclamar haha), não é que o 3XK aparece do nada? Vou confessar que levei um susto quando ele bateu no carro dos dois… Não esperava aquilo de jeito nenhum. Até nisso o Tyson pensou!!!
Em relação à cena do tiroteio eu tenho algumas ressalvas. Como que a Beckett errou todos os tiros e não acertou o Tyson? Ela é uma detetive treinada e muito competente, pareceu ter descarregado a arma atirando no serial killer, e mesmo assim errou? Tudo bem que ela poderia estar zonza com o acidente, o que seria normal. Mas aí isso me leva a minha outra ressalva: como que o Castle NÃO acertou a Kate? No momento que o 3XK a usa como escudo eu pensei na hora “pronto, agora ele vai acertar na Beckett”. Mas não, o Castle não acertou a Beckett como também não acertou o Tyson (hahaha).
E é assim que é finalizada a história do 3XK, pelo menos aparentemente. Todos nós sabemos que ele não está morto. Não só porque o Castle afirmou isso mais de uma vez, mas porque os roteiristas não iam ser loucos de dar fim ao segundo melhor plot da série tão facilmente. O Tyson ainda vai incomodar e muito. Se será ainda nessa temporada ou não, eu não sei. Acho difícil até, não acho que eles voltariam com o serial killer tão rapidamente. Independente de quando for, tenho certeza que será uma volta tão triunfal quanto essa.
É incrível como Castle transforma algo excelente em extraordinário. Uma história que já iria render muito acabou se tornando um dos melhores episódios da série ao acrescentar o 3XK. Eu não consigo pensar em outras palavras que não sejam elogios. Castle chegou a um patamar que poucas séries conseguem, mas esta estabilidade da série neste nível é ainda mais impressionante. Mesmo sabendo quem estava por trás do crime (sim, a espertona aqui acabou lendo coisa demais u.u), eu não consegui deixar de me surpreender e me emocionar nesses quarenta minutos. O meu vício por Castle só aumenta e a minha satisfação com a série também. Preciso que a próxima segunda-feira chegue logo!
p.s.1: o episódio só não foi perfeito porque não teve nenhum beijinho rs
p.s.2: Alexis fez o “rapa” na casa do Castle em 10 minutos, uau!
p.s.3: que bonitinho o Castle colocando a xícara de café na mão da Kate.
p.s.4: o Ryan ainda não percebeu que é muito estranho quando ele sabe sobre coisas femininas que nem a própria Beckett sabe rs
p.s.5: o Esposito proporcionou duas cenas muito engraçadas. Primeiro quando ele descobre sobre o casal Caskett e fica gaguejando, sem acreditar; e depois quando ele finge pra Kate que ela nunca conseguiria esconder esse romance dele e do Ryan. Sei, sei…
p.s.6: que fofinha a cena em que a Beckett insinua o que ela quer ganhar de presente do Castle!
p.s.7: que honra do Castle em estar em uma mesma lista que a imortal J.K. Rowling!
p.s.8: apresentando Esposito e o famoso “fiquei no vácuo”.
p.s.9: eu jurava que ia ter uma foto do Castle com a Beckett que pudesse prejudicar os dois. Só faltou isso para o 3XK fazer…
p.s.10: várias vezes durante o episódio eu achei que ficou faltando o “i love you”, hein dona Kate?!

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial